Existem coisas que nos ajudam a resolver os problemas e outras que não e até causam mais dificuldades.

A culpa se encaixa na última categoria.

Em Psicologia não utilizamos a palavra culpa, porque trata-se de uma palavra, que historicamente está carregada de substrato psicológico negativo.

Falamos de escolhas e consequências positivas ou não.

Uma pessoa culpada, significa que já foi de certa forma “julgada e condenada”, trata-se de uma posição passiva, que está atrelada a opinião ou julgamento alheio, desprovida de poder.

Uma pessoa responsável por qualquer ato, implica em alguém autônomo, independente do julgamento alheio, pró-ativa na resolução de questões, inclusive aquelas que desaprova.

Do que adianta se sentir culpado? Resolve?

Antoani Werner Morelli é Psicólogo clínico e atende online e de forma presencial em Balneário Camboriú – CRP 12-16602 e WhatsApp 47 9 8822 1970.